Programa Renda Brasil – Como Vai Funcionar

Já foi anunciada a possibilidade de extensão do Auxílio Emergencial por mais 2 meses, mas ainda existe a preocupação com o prejuízo causado pela pandemia do corona vírus Covid-19, que obrigou os brasileiros a ficarem em casa, desta maneira diversos setores do comércio e indústria ficaram estagnados. 

Por este motivo e também outros relacionados ao desemprego no Brasil existe a possibilidade da criação do Programa Renda Brasil, um dos principais objetivos do programa é o pagamento de um valor único para o Bolsa Família, unificando os dois programas Auxílio Emergencial e Programa Bolsa Família, esta proposta já está sendo avaliada e é quase certa. 

Os cidadãos que fizeram cadastro no Programa Bolsa Família durante o período de pandemia e depois continuarão recebendo o Bolsa Família não poderão receber um valor menor do que R$600,00 (seiscentos reais) pelo benefício Bolsa Família, desta maneira será necessário e justo o aumento do valor para os beneficiários do Programa Bolsa Família. 

Unificação dos Programas 

O que está sendo discutido é a unificação dos Programas Bolsa Família e uma nova criação do ministro Paulo Guedes que seria o “Programa Renda Brasil“, além da unificação de outros programas já implementados o “Programa Renda Brasil” também tem o objetivo de modificar a avaliação do Cadastro Único de Família tornando mais flexível e automática com utilização do sistema de Auxílio Emergencial. 

Atualmente o Auxílio Emergencial já está sendo recebido pelos cidadãos que encontraram dificuldades durante o período de pandemia, desta maneira para integrar o Bolsa Família será necessário o Cadastro Único nos Centros de Referência Social, e comprovação da situação de carência. 

A Unificação dos Programas de Renda Social proposta também contempla a criação de novos programas de créditos e o possível pagamento do 13° (décimo terceiro) ou Gratificação Natalina para os cidadãos que foram prejudicados pela pandemia do corona vírus COVID-19. 

Cadastro Único (CADUNICO)

O auxílio emergencial já está sendo recebido por meio da ampliação do valor destinado ao Programa Bolsa Família e Sistema da Caixa, onde pode ser sacado o valor de R$600,00 (seiscentos reais) durante o período de 3 (três) meses, totalizando um valor de R$1.800, (mil e oitocentos reais) para cada cidadão no final do recebimento, se acontecer a ampliação do Auxílio Emergencial por mais 2 (dois) meses somando mais R$1.200,00 (mil e duzentos reais) o valor recebido por cada cidadão será de R$3.000,00 (três mil reais). 

O recebimento do valor de mais dois meses do Auxílio Emergencial somente será aprovado caso haja prejuízos na economia, a criação do Programa Renda Brasil tem objetivo de unificar diversos programas além do Auxilio Emergencial outros que já fazem parte do Bolsa Família tornando o cadastro único mais flexível e garantindo um pagamento de R$600,00 (seiscentos reais) para todos os beneficiários do Bolsa Família. 

O presidente Jair Bolsonaro acredita que embora a economia esteja sendo prejudicada a criação do Programa Verde e Amarelo de oportunidade de trabalho e emprego seja a melhor opção para melhorar a situação econômica do país, não sendo necessário mais investimentos no Programa Bolsa Família e alterações em perfis do CADUNICO.

Programa Verde e Amarelo 

O Programa Verde e Amarelo foi aprovado pelo Governo Federal no mês de novembro de 2019, tem o objetivo de criar oferta de emprego para a faixa etária dos 18 (dezoitos) aos 29 (vite e nove) anos de idade, que segundo pesquisa é a faixa etária da população brasileira produtiva que não encontra empregos.

A faixa etária dos 23 (vinte e três) anos aos 29 (vinte nove) anos de idade não se encontra mais no perfil de contratação do Programa Jovem Aprendiz e de programas de estágio, apesar de jovens e produtivos são obrigados a trabalhar sem registro em carteira, informais ou subempregados. 

Já a faixa etária dos 18 (dezoito) aos 22 (vinte e dois) anos de idade ainda encontra boas oportunidades em programas de estágios e Programa Jovem Aprendiz, segundo o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) o Programa Jovem Aprendiz continua oferecendo boas oportunidades de emprego e trabalho, criando novas vagas que podem significar o início de uma carreira em grandes empresas nacionais e multinacionais. 

Reabilitação de Pessoas Com Deficiência

Outro ponto defendido é a Reabilitação de Pessoas Deficientes, que é incluído no Programa Verde e Amarelo, para a criação de vagas de empregos para pessoas com deficiência física na faixa etária dos 18 (dezoito) aos 29 (vinte e nove) anos de idade. 

As pesquisas mostram que no Brasil apenas uma pequena parcela das pessoas que adquirem deficiência por motivos diversos são reabilitadas, isso significa que uma grande parcela da população produtiva deve ficar fora do mercado de trabalho, desta maneira cria oportunidades para a pessoa com deficiência deve reduzir gastos com a aposentadoria, além de melhorar a situação econômica de muitas famílias brasileiras. 

As duas propostas Programa Verde e Amarelo e Programa Renda Brasil deverão contribuir para a melhoria da economia no país, melhorando a situação econômica após a pandemia do corona vírus COVID-19 . 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *